Preciso de ajuda.

Isso, um título bem dramático. E eu espero do fundo do coração que vocês não me deixem falando sozinha haha.

Essa semana uma amiga minha me mandou uma mensagem no celular: “Saudades! Hoje estou muito Hariana: de camisa, cabelo preso e relógio dourado.” Eu adorei, mas aí reforçou o que eu já vinha pensando há um tempão: eu tô sempre igual. E eu acho que eu tô cansando de mim (drama mode on). Como eu não consigo mudar assim tão drástica e imediatamente (porque né, não vou comprar uma saia mullet e um cropped top pra sair por aí amanhã), vou tentar mudar começando pelas unhas.

Tô tão neurótica tentando achar alguma coisa, que ontem enquanto eu tava na fila de um restaurante, eu perguntei pra menina da minha frente qual era a cor do esmalte dela, ela deve ter me achado louca, mas foi simpática e me respondeu: Madri, da marca Beauty Color (é vinho, gente, já sai do vermelho). Achei um post nesse blog aqui sobre ele, se eu achar em algum lugar pra comprar, vou experimentar.

 

OK, o pedido de ajuda é esse. Me indiquem esmaltes que não sejam vermelhos, por favor! Só não estou preparada para cintilante, fosco e neon!!

É isso, todo um drama por causa de um esmalte.

 

Nas unhas…

Esse tema foi uma sugestão nos comentários também (obrigada por ajudarem, já que eu não tenho ideia assim fácil) e essa é provavelmente a única vez da história da minha vida de blog que eu vou falar de esmaltes. O motivo é simples: pra mim, não existe o que se falar de esmalte.

Eu sou muito quadrada nesse quesito e eu acho essa coisa de inventar moda das unhas muito feia, desculpa quem for adepta, mas realmente não gosto e nunca me acostumei. Unhas de pelúcia, unhas de caviar, filhas únicas, unhas decoradas, cores neon, esmalte fosco, esmalte com glitter, nada disso me convence.

O grande acontecimento da minha vida esmaltística aconteceu terça-feira passada em que eu fui louca e resolvi pintar de cor-de-pele nude. A cor foi  Nude Clássico da Impala. Não vou dizer que eu achei feio, eu gostei dessa cor, mas em outra pessoa (de preferência com mais melanina que eu).

Desculpem a qualidade da foto sem nenhum tom artístico, mas esse foi o único registro das unhas.

Meu vermelho queridinho foi o BEIJO da Risqué por muito tempo, até que eu descobri que minhas unhas não duravam muito porque era Risqué e troquei pra Colorama que dura beem mais e hoje tenho 4 vermelhos queridinhos:

1 – Nariz de Palhaço: ele é um pouco mais fechado, gosto de pintar quando tá mais frio. Isso quer dizer que não pinto há séculos, já que São Paulo decidiu que agora é verão o ano inteiro.

2 – Gabriele: no momento, o preferido dentre todos, o tom perfeito!

3 – 40 Graus: esse eu já prefiro pintar quando tá mais quente, no verão é o preferido (não me achem louca por escolher o tom de acordo com a temperatura)

4 – Melancia: adoro, acho lindo, olho na mão das outras pessoas e amo, mas não consigo pintar duas semanas seguidas, enjoa um pouquinho.

Tem um da Impala que pintei esses tempos que gostei bastante, é o lov.u da coleção FUN deles:

Pra vocês não me acharem uma louca obcecada por vermelho, saibam que eu também acho preto bonito, mas pinto super pouco.

E pra quem tá me achando nada glamourosa, saibam que eu acho um absurdo pagar quase R$ 100,00 em um Chanel (só pra dizer que tá com um esmalte Chanel, porque tudo sai com acetona!) ou até mesmo os R$ 70,00 da Dior, M.A.C. e companhia. Dinheiro não dá em árvore e tô feliz com meus coloramas hehe

E vocês, algum vermelho bonitão pra indicar?

ps: desculpa se ofendi alguém, eu realmente não gosto das unhas da moda, mas isso sou só eu e eu não entendo nada sobre o que é moderno, simplesmente questão de gosto mesmo 🙂