Lissie <3

Lissie, americana, 31 anos, sardenta, linda e muito talentosa, estou amando! ❤

Keaton Henson – às vezes é bonito ser triste

Keaton Henson, 25 anos, Londrino e aparentemente muito triste. Conheci o moço pelas músicas sempre tristes, a voz é chorosa e as letras sempre carregadas de sentimentos e depois descobri a outra veia artística dele, ele transforma os seus sentimentos em desenho também… Achei válido compartilhar, vai que algum apaixonado pela melancolia como eu visite aqui, a dica é de ouro pra quem gosta da tristeza sem medo.

Algumas fotos pessoais e desenhos dele, pra ver maior é só clicar:

Minha música preferida dele:

Espero que tenham gostado da dica ❤

Solange Knowles: puro estilo!

Gente, eu sei que a diva-mor do mundo é a Beyonce, que todos amam, que ela é linda, rica e poderosa. NO ENTANTO, PORÉM, CONTUDO, ela tem uma irmã de 27 anos, a Solange. Solange, pra mim (desculpa, mundo), superou a diva! Conheci ela há pouco tempo, assistindo o clipe abaixo. A música dela é uma maravilha a parte, amei! Muito mais meu estilo que Beyoncé (desculpa de novo).

Obviamente fui atrás de mais coisas sobre ela e o choque: ela é a pessoa mais estilosa do mundo. Assume o black power com a maior classe possível, se veste de um jeito SUPER autêntico, faz misturas inusitadas e o resultado é sempre positiviamente chocante. Separei uns looks (coisa que foi muito difícil, queria escolher TODOS) pra vocês entenderem o que eu estou falando… Solange, I love you!

foto 1 foto 2 foto 3 foto 4 foto 5 foto 1 foto 3 foto 4 foto 5Vocês entenderam do que eu tô falando? Tem como não achar ela absolutamente demais? E pra finalizar, uma playlist dela pra quem quiser conhecer um pouco mais do som. Com todo esse talento e bom gosto, quem precisa de uma irmã famosa?

Quem já ama a Solange? haha

Beijo, geeente!

Dicas acumuladas

Tô tão em débito com vocês que esse post vai ter várias dicas + uma playlist novinha!

foto 1

Algumas pessoas já me escreveram pedindo pra eu dar mais dicas de decoração aqui no blog, já dei aquela dos quadrinhos, lembram? Então, ALOKA dos quadrinhos volta a atacar, mais uma dica super original que eu tenho no meu quarto pendurada na parede porque dica boa é a dica que a gente também aproveita porque falar só pros outros fazerem é fácil demais, né? Há alguns anos eu comprei as capas da Folha de São Paulo do dia de nascimento de todas as pessoas que moravam na minha casa, pelo visto eu fui a única pessoa que gostei porque fui a única que enquadrou, depois quando conheci meu namorado, ele adorou a ideia e quando fomos morar juntos, a capa dele também ganhou um quadro. Eu acho a ideia muito legal, tanto pra fazer pra si quanto pra dar de presente… A capa, pra quem não é assinante sai R$ 6,90 + frete e quando chegar é só emoldurar, pra pedir é só entrar aqui 🙂

foto 4A próxima dica é linda e gostosa!!! A Cacau Show está com uma linha temporária de chocolates do pequeno príncipe, são super baratinhos e têm frases do pequeno nas embalagens. É uma fofura pra dar de presente pra algum amigo, pra quem se gosta… Custa pouco, é uma coisa simples, mas que vai significar muito pra quem ganha. Coooorram! 🙂

foto 2Falando em coisa fofa, o Mc Donald’s está a coisa mais linda do mundo esse mês haha com o lançamento de “Meu Malvado Favorito 2” que falei no post de ontem, as lembrancinhas do Mc Lanche Feliz são os minions, são vários! E se você não quiser comer tantos lanches assim, eles vendem os brindes separadamente a R$ 9,00, mas tem que correr porque tá todo mundo apaixonado e comprando tuuuudo!

foto 3A última dica antes da playlist é de leitura! Minha revista feminina preferida é a TPM, se você também está com um pouco de abuso das revistas femininas que se resumem a propagandas e futilidades, a TPM tem um super equilíbrio. Futilidades no limite certo, entrevistas maravilhosas, sempre dicas de moda – sem exageros, de decoração e matérias de comportamento muito interessantes. As edições são temáticas, isso é o que eu mais gosto nela, a revista é inteira pautada em volta de um determinado assunto que muda todo mês. Super recomendo, quem ainda não conhece, vale a pena conhecer e sair um pouco das outras revistas todas iguais.

foto

A Playlist foi com muito carinho, só músicas que adoro, espero que vocês gostem  e quem ainda não curtiu a página do Facebook, clica aqui

Seria a barba o segredo da boa música?

Eu, particularmente, não sou fã de barbudos (fisicamente falando). Me limito aos bigodes, acho mais bonito, não é à toa que enchi o saco do meu namorado pra ele cultivar o dele… Sei que muita mulher adora um barbudo e eu, musicalmente falando, cheguei à conclusão que involuntariamente também adoro. Me dei conta por acaso hoje na volta pra casa quando um dos meus artistas preferidos começou a tocar no shuffle do iPod e visualizei que ele parecia com outro que parecia com outro que parecia com outro e resolvi compartilhar com vocês…

foto-1

Sei que o último post já foi de playlist, mas hoje deu vontade de fazer outra. Pra garantir a naturalidade do post, nem fui atrás de outros artistas, resolvi explorar os cinco que vieram na minha mente de imediato… São eles os Los Hermanos (óbvio), Justin Vernon (Bon Iver), Samuel Beam (Iron & Wine), William Fitzsimmons (❤❤❤), Dallas Green (City & Colour). Barbudos, sensíveis e donos de obras sonoras impecáveis. Será que a sensibilidade dos homens está ligada à quantidade pêlos no rosto? Tipo felinos? Até que faz sentido se a gente pensar no nível de sensibilidade dos bombadões depilados com cara de bunda de neném… Né?

 

Photo-1

Enfim, curtam a playlist e quem não conhece ainda algum dos artistas, CORRE pra baixar a discografia de todos, vale a pena cada segundo de música. Estão todos no meu hall de preferidos.

Beijos, gente! Boa semana!

Tiago Iorc, o John Mayer brasileiro.

Nesse fim de semana, passeando pelos canais, caí no programa do Danilo Gentili. Eu não suporto ele e se naquele exato momento, ele não estivesse anunciando o convidado, eu teria mudado de canal.

O convidado era o Tiago Iorc, um cantor e compositor brasileiro de 26 anos que em 2007 fez um super sucesso  no Japão (é, no Japão) e que, apesar de já ter tido músicas em trilhas sonoras de novelas e filmes nacionais, é pouco conhecido aqui no Brasil. Talvez por não cantar sertanejo cantar só em inglês, a popularização tenha ficado mais complicada. Conheci o som dele em 2007 mesmo, a primeira música que ouvi foi Nothing But a Song e se não fosse pelo nome brasileiríssimo, eu nunca desconfiaria que era produto nacional. Sei que ele costuma tocar bastante em Curitiba, onde mora, nada muito grandioso, nada muito intenso.

Um dos highlights dele, é a versão de My Girl (The Temptations) que ele fez (uma das primeiras músicas que ouvi dele):

O título de John Mayer brasileiro não é só meu, é de todo mundo que conhece os dois. O violão e voz suave com letras bonitinhas tornam inevitável a comparação. Ele tem dois CDs, o Let Yourself In e o Umbilical. Nesse segundo, o destaque vai pra Story of a Man, que é linda, fala sobre perder tempo demais julgando, falando, procurando o que nem perdeu, falando de si mesmo, olhando pra si mesmo, ao invés de passar mais tempo apenas fluindo, amando, ouvindo, respeitando e, simplesmente, vivendo.

Olha, eu não sei se ele tem alguma influência sobre a linha dele e coisa e tal ou se ele é muito bem assessorado, mas os produtos são muito bacanas, são de ótimo gosto e são sensíveis, se é que um produto pode ser sensível. A letra letra dessa última música virou até uma linha de canecas que estão à venda na loja virtual dele:

A única vez que o vi cantando em português, foi um cover muito bem escolhido de Los Hermanos, pra quiser checar, tá aqui embaixo também:

Enfim, a dica musical de hoje é essa. É uma pena que o Brasil não seja uma democracia no quesito musical, a gente tem muita coisa de qualidade por aqui, mas infelizmente, as rádios e todos os outros meios de comunicação estão engessados em dois ou três gêneros musicais, o que impede a popularização dessa gente boa… Vou tentar adotar o tema e voltar mais vezes com as dicas. E eu super aceito receber nos comentários também.

Beijo e bom outubro pra vocês!

Pra sonhar…

Como esse vídeo tem 12 dislikes é a única coisa que eu não entendo.. Ontem quando cheguei em casa, esse vídeo estava na tela do computador pra eu ver. Lindo, lindo! Impossível não sorrir e não emocionar.

A música é do Marcelo Jeneci e é o tema de abertura do programa Chuva de Arroz da GNT e todas as cenas são de casamentos e casais reais.

Tem como não amar?