As fotografias de Serge e Jane

Serge Gainsbourg, francês, era ator, diretor, escritor, cantor, compositor, viciado em álcool, cigarro e mulheres, não era exatamente bonito, mas era um conquistador! Morreu em 1991, aos 62 anos, vítima de um enfarto. Dentre seus romances que passaram até por Brigitte Bardot, o mais documentado foi o romance com  a atriz e também cantora inglesa Jane Birkin. Jane e Serge foram casados, a relação durou 12 anos, começou quando ela tinha 22 anos e ele 40. Talvez tenha sido o relacionamento mais fotografados, eles foram ícones dos anos 70 e referência liberal para quem viveu naquela época, chocaram muita gente com seus ensaios sensuais e músicas ousadas. Não tem como não babar no acervo dos dois, para quem não conhece, resolvi dividir um pouco as que eu mais gosto.

Para quem quiser saber um pouco mais da vida desse francês bon vivant, o filme “O Homem que amava as mulheres” é inspirado em sua história, trailer aqui pra quem se interessar. O dueto clássico dele com Jane é Je T’aime… Moi Non Plus, um clássico que causou muita polêmica quando foi lançado por causa dos gemidos:

As fotos do casal foram em sua maioria feitas pelo irmão dela, o Andrew Birkin que lançou ano passado o livro Serge & Jane: a family album, ainda não foi lançado no Brasil – espero que venha logo, é um livro que eu estou louca pra ter, são mais de 1000 fotografias deles!!

Pra finalizar o post que já está bem extenso, um pouco deles em família:

O que acharam? Já conheciam eles? Quem gostou, curte aqui: hrnmnk.com

75 Parisiennes de Baudouin

Quem me conhece sabe que sou fã declaradíssima da França, da cultura e, principalmente, do estilo de vida super autêntico, auto-suficiente, quase displicente das mulheres francesas. Pouca maquiagem, cabelo bagunçado e o que dita a moda é apenas a própria vontade. Agora diz como não amar este projeto do fotógrafo francês Baudouin? O livro publicado no fim do ano passado tem 75 mulheres reais fotografadas dentro de seus próprios apartamentos imprimindo totalmente o estilo de vida francês. Apartamentos pequenos e cheios de identidade, o número 75 também faz referência ao código postal de Paris. Puro amor!

Capture d’écran 2012-10-16 à 22.51.54Esta é a capa do livro, se alguém um dia o vir por aí, gentileza me informar onde! Quero MUITO.

Abaixo algumas das fotos do fotógrafo que contou nessa entrevista aqui que não houve um recrutamento oficial, conseguiu algumas mulheres através de indicações de conhecidos e outras foi simplesmente abordando na rua. Quando via alguma mulher vestida de uma forma um pouco diferente das demais, dava seu cartão e fazia a proposta. Os ambientes foram mantidos com total fidelidade à realidade e o resultado ficou maravilhoso!

5_adrienne-pauly 5_chichi-menendez

Les-Nereides-et-N2-Journal-Baudouin-75-Parisiennes-02 Les-Nereides-et-N2-Journal-Baudouin-75-Parisiennes-03 5_melanie-guerin 5712 5_colombe-lauriot 5_elodie-gonzales-2000 5_judith-chemla-CMD 5_manon-gorge 5_marijo-margerin 5_marine-dorfmann

Tem como não amar??? Estou pensando em preparar um post sobre o estilo das mulheres francesas. O que me dizem?

Beijos!