As ilustrações de Denise Nestor

Denise Nestor é uma ilustradora irlandesa e eu não tenho maiores detalhes técnicos pra dar sobre a arte dela porque sou leiga no assunto, tudo que sei é que me enchem os olhos e me impressionam pela realidade dos traços!

Talvez, só talvez, ela tenha uma obsessão por coelhos e por listras. O que acham?

url-1

 

Os 38 e ½ de Maria com a delicadeza de Rita.

Ela é Maria Ribeiro, se o nome é estranho, talvez você lembre da mulher do capitão Nascimento em Tropa de Elite. Foi no cinema recentemente? Lembra dela em Entre Nós? Não? Vê novela? É a Danielle de Império! Você provavelmente já a viu, mas é Maria Ribeiro como Maria Ribeiro que eu adoro! A atual configuração do Saia Justa tem Maria sentada no sofá e já há alguns anos assisto esse programa adorando dividir a neura com Mônica, Bárbara, Astrid e Maria. Maria não é a intelectual, não é a blasé, não é a prendada, não é a mais moderna e também não é a mais conservadora. Ela não faz muito sentido e não tem o menor pudor ao dizer que lê revista de fofoca com a revista Piauí atrás pra esconder a capa. Ela é isso, esconde a capa e depois espalha isso pra quem estiver passando pelo GNT. Eu a sigo no Instagram e acho que sou amiga dela, facilmente chamaria ela para um café ou perguntaria “como estão os meninos?” se a encontrasse por aí na rua…

unnamed

Ela é gente como a gente e recentemente lançou um livro, sua primeira publicação como cronista. Eu indico o livro pra toda mulher que quiser bater um papo divertido que transita por todos os assuntos com alguém que se aceita como é com todas as incoerências. No livro ela fala do Caio, do Paulo, do Domingos, do Bento, do João, do pai, dos irmãos – todos os homens da vida dela. Fala em tom de fofoca gostosa que ninguém resiste sobre o Wagner Moura (seu parceiro de filme) e sobre o Rodrigo Hilbert. Fala sobre a terapia e faz chorar quando fala nostálgica sobre a infância e sobre o pai. Tem carta pra amiga do coração, tem carta aberta pro Caio – o Blat, seu marido. Tem o registro de várias fases da montanha russa de uma mulher de 38 anos e meio que depois de uns anos de terapia, uma separação, alguns tropeços e muito encontros (e desencontros), se aceita com todos os seus defeitos e é bem resolvida o suficiente pra expor pra quem quiser ver.

zmXNupYbMyknoH_UA8XYHz8eWkFo_lvm9wRwks4cQWU,Ho75K35aqt6Cf1k7KUf3Q5yqOCODRAluPWlwC149McI

Os 38 e meio da Maria não vão te enriquecer, você não vai terminar a leitura mais inteligente, mais culto ou mais politizado. A sensação é de ter acabado de conversar com uma amiga que há tempos não via e que precisava desabafar, é também a sensação de “ufa, sou normal!” diante de tantos questionamentos e confusões inerentes a nossa natureza feminina que ela divide com quem lê.

Maria Ribeiro tem meu respeito e admiração por ser quem é, não bastasse isso, ainda é documentarista e está finalizando o longa “esse é só o começo do fim das nossas vidas” sobre a última turnê da minha banda nacional preferida: Los Hermanos. ❤

O livro me apresentou pra uma artista incrível! Rita Wainer é a responsável pelas ilustrações lindas capa e interior do livro. Fui pesquisar sobre o trabalho dela e adorei o que encontrei. Ela é artista plástica, figurinista, estilista, ilustradora… Ou seja, Rita é arte! A capa do CD “A coruja e o coração” da Tiê é assinada por Rita também e é uma fofura!

RW-TiêGente boa realmente se cerca de gente boa! Adoro ver as referências de pessoas com quem me identifico, é sempre uma surpresa agradável… Eu já sabia que adoraria o bate papo com a Maria, mas não esperava que me apresentaria Rita e toda sua melancolia “coloridamente” agradável. Boas referências e bons artistas nunca são demais…

 

Rita e Maria,  muito obrigada por serem Rita e Maria!

 

 

O amor por Ricardo Liniers

Quem me conhece sabe do meu amor pelo trabalho do cartunista argentino Ricardo Liniers, ele tem 38 anos e mais de 20 livros publicados (não encontrei informação oficial exata). Eu tenho 10 destes e estou sempre tentando achar mais obras dele, mas aqui no Brasil não é uma tarefa muito fácil. Conheci o trabalho dele em 2005 através da série Macanudo que reúne suas tirinhas publicadas no La Nación, jornal argentino. Ele já fez exposições aqui no Brasil, a mais recente foi pra Brasília e ficou desde dezembro do ano passado até março desse ano no Museu Nacional dos Correios, quem foi com certeza se apaixonou!

De vez em quando vou tentar reunir aqui algumas das tirinhas dele e eu duvido vocês não se encantarem pelo trabalho lindíssimo, original e super sensível desse hermano. Já que a gente está no mês dos namorados – totalmente atropelado pela Copa do Mundo – selecionei algumas tirinhas sobre amor pra vocês.

4395866 20120228 c07617aeec33ab067e026913d4da3983 fd96d3e54da6fec870695967d0b93520 liniers-66 liniers-953093 liniers-esquina original Un-poquito-mas

0A4

 

Como não ser completamente fã?

Gostou daqui? Curte lá: hrnmnk.com

A menina que carrega um laço gigante na cabeça

Luiza Pannunzio, tudo que sei é que é formada em artes plásticas pela FAAP e que é uma desenhista cheia de sentimento! Conheço ela há alguns anos já, hoje ela é mãe, mas na época em que estava grávida, seus desenhos se resumiam ao tema e eram super fofos. Ela tem a série do bebê da cabeça quadrada, o do menino que não sabia chorar, mas a série da menina que carrega o laço gigante na cabeça é minha preferida. Minha preferida simplesmente porque eu consigo me ver em vários dos desenhos, as percepções e os dramas da menina provocam uma identificação enorme em mim! Eu fui selecionar alguns pra pôr aqui e depois de muito esforço cheguei em 32, depois pedi ajuda e consegui chegar nos 17 pra não cansar vocês. Acompanhem abaixo e digam se tem como não amar esses desenhos e essa menina do laço meio bonita, meio triste, meio alegre, meio apaixonada, meio cansada, totalmente bonita…
981971_10200347474024087_442155772_o

892640_4933606852614_1203036055_o 841285_4675337876051_285460450_o-1024x911 736501_4497959641706_1330760823_o1-659x1024 300342_2330701061596_1686635454_n 16711-668x1024 885534_4947750286191_1537367238_o 902963_10200215483404404_561233788_o 886594_10200128226063025_1294365815_o1 891952_4976499004891_962971255_o 858797_4812636828439_1595468933_o-718x1024 458034_4325883939921_1846380309_o-1024x682 6 3 409502_2778114246646_1691599161_n 167710_1697476151369_2314451_ntumblr_lp8840DLjP1qghmu9o1_400

Mais Luiza aqui

Pattern Love ♡

Celular, computador e Twitter entre tantas outra redes sociais, requerem um plano de fundo, certo? E aqueles que já estão pré-definidos pra você escolher são feios e/ou você já enjoou? Eu, Hariana, tenho a solução pra vocês!! Eu sou apaixonada por patterns e sempre os uso pra fundos de qualquer tela, é só selecionar a opção “tile” ou “mosaico” ou “repetir” pra que a imagem selecionada se repita várias vezes criando um fundo de tela padronizado. Eu resolvi dividir alguns dos meus no Pinterest no painel “Patterns”, alguns como os que estão aqui embaixo já estão lá,  já são mais de 100 e sempre que eu puder, vou atualizando pra dividir com vocês.

pattern1 pattern2O que acharam? Conseguiram achar algum pras redes e aparelhos de vocês? Quero saber! Espero que tenham gostado da dica…

Beijo!