Hoje só amanhã.

À flor da pele, você passeia pelos canais da televisão… Ih, programa de nascimento de bebê, pula, não quer chorar. Para em um reality gringo burro qualquer, é território seguro, nada de grave pode acontecer… Intervalo, propaganda dos médicos sem fronteiras, corre e pega o controle em tempo de evitar a lágrima. Ih, já tem propaganda de dia dos pais na TV aberta, nó na garganta. Programa de culinária, poxa, eliminação, não tem estruturas pra isso. Desliga isso, todo mundo quer te fazer chorar. Vai dar uma volta no bairro, um cachorro perdido se arriscando a atravessar a rua, uma briga de casal na esquina pra todo mundo ver, um dia frio com vento, melancólico demais. Viver às vezes dá vontade de chorar, você precisa de chocolate… Padaria, moço, vê uma fatia daquela torta bem recheada? Obrigada. Droga, comeu tudo, não melhorou, são quantas calorias? Precisa correr, a calça de ginástica deprime qualquer criatura viva, mas vamos lá… Não, não está no clima, pode cancelar hoje? Tenta amanhã outra vez, celular no silencioso, manda dizer que não está, fecha a janela, abraça o edredom. Dentre todas as dúvidas, uma certeza… A de que amanhã é um outro dia e de que sempre há outro dia, não tem problema em perder um para a emoção. Hoje se entregou, amanhã a dor vai no bolso, amanhã a emoção vai ficar pra outro dia e a vida se ajeita até que o acúmulo de sentimentos venha à tona em outro novo dia que terá todo o direito de pular também, não precisa ser feliz todo dia.

Segue lá também: Instagram | Facebook | Twitter

9 comentários sobre “Hoje só amanhã.

  1. Mayara Fortunato disse:

    Me arrisco a sorrir todo dia, a tentar levar meu falso bom humor no bolso pra espalhar por aí, parece um sinal vermelho que apita quando algo vai se quebrar, quando alguma emoção vem a tona.
    De um tempo pra cá me tornei uma máquina do disfarce, não posso ser infantil e chorar no trabalho, sorrio. Não posso chorar quando meus projetos dão errado, vou sorrir. Não posso chorar porque chorar é infantil, ouço tanto isso: SEJA FORTE!
    Hoje eu não quero força, eu quero edredom e luz apagada… Nem todo dia precisa ser bom, acho que nem todo ano também…

    Gosto do que você transmite Hariana.

    Beijos

  2. lethfreitass disse:

    Conseguiu transmitir exatamente o que penso e sinto em alguns dias especificos. Mas final, todo mundo pode se permitir ficar deprê um dia, ou dois…
    desde que depois consiga erguer a cabeça e seguir a vida :)))
    você escreve muito bem.. és uma grande inspiração!
    Parabéns! 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s