Você pensa que sabe, mas você não faz ideia.

É engraçado, no caminho do metrô sempre vou olhando pro chão, confesso que mais pra poder desviar dos cocôs dos cachorros de pessoas mal educadas do que pra fazer um ar melancólico-poético ou pra ver as surpresas do  caminho. Enfim, indo pro metrô prestando atenção no chão e com um nó na garganta que não desfaz há uns dias, eu vi uma pétala em forma de coração. Parei para fotografar e postei no instagram e alguém disse que amava a minha alegria. Me comoveu… Não tinha alegria naquela foto, como não tem em muitas outras, mas ninguém consegue reparar. Há quem diga que é encantado pela paz que transmito, mal sabem essas pessoas da guerra que existe na minha mente. 
 
Não estou aqui divagando sobre meus dias ruins camuflados pra fazer drama ou me vitimizar, é pra ilustrar o que todos deveriam saber: não julguem por fotos. As redes sociais não dizem nada. Os dias ruins precisam existir pra gente conseguir valorizar o dia bom, a gente chora hoje pra que a risada de amanhã fique mais gostosa. A gente tem que sofrer mesmo pra que a felicidade transborde quando for a vez da felicidade. Eu acho que já falei sobre esse assunto por aqui, mas vou falar quantas mais vezes forem necessárias, parem de julgar. Se todo julgamento fosse pro bem como às vezes acontece nas minhas fotos, seria ótimo, mas eu me impressiono com a quantidade de julgamentos que fazem e que se manifestam através de palavras escritas pra machucar.
 
A menina de 22 anos e mais de um milhão de seguidores também sofre com o seu julgamento, mesmo que você ache que nada abala a moça rica que atuou na novela das 8 e flertou com um ídolo teen. O cara marrento da banda de rock também se chateia com os comentários maldosos, a menina que está sempre sorrindo e cantando também chama a amiga no whatsapp com um print e pergunta: “por que as pessoas são más?”.
 
Eu gosto de clicar nas pessoas autoras de comentários maldosos e acho impressionante a quantidade delas que em suas “bios” se auto intitulam pessoas de bem, pessoas do amor, pessoas de Deus. À quem vocês querem enganar? A internet pode te dar uma certa liberdade – talvez toda a liberdade – mas saiba usá-la. Não seja mais um otário em um mundo de otários. Não ofenda se não tiver motivos pra elogiar, não seja inconveniente se não souber agradável. 
 
“Ai, a pessoa só quer ouvir elogio, quando alguém critica se ofende” – parabéns, é isso mesmo, você entendeu!!! As pessoas já se lascam o dia inteiro na rua, no metrô, no ônibus, na escola, no trabalho, em casa, nas relações, com conta bancária, com a falta de sono, com a ansiedade, a angústia, a cobrança, as dúvidas, a violência, o governo, a inflação… NÃO PIORE. Todas as pessoas, sem exceção, estão passando por alguma barra na vida, algumas por barras maiores e mais pesadas, outras por mais barras, mas todos estão lidando com algo ruim. Não seja uma coisa ruim a mais desnecessariamente, tente melhorar o dia de alguém e se você sentir prazer em escrever palavras negativas pra quem você sequer conhece, procure um psicólogo, você não é um ser humano bom. Talvez num divã você consiga resolver suas pendências internas e pare de sentir prazer em ser um babaca. 
 
Não adianta bater panela na janela por um Brasil melhor se você não consegue sequer ser agradável com o próximo. OK? Seja a mudança. 

Segue lá também: Instagram | Facebook | Twitter

15 comentários sobre “Você pensa que sabe, mas você não faz ideia.

  1. renatamedeiroz disse:

    Acabei de ler sobre outono, que hoje inicia a estação e tudo mais… e logo em seguida vim ler teu texto. E de alguma forma liguei as duas coisas. Dificilmente eu deixo estampado nas redes sociais o meu estado de espírito atual. Eu não sei você, mas eu ~de uma forma que não sei explicar~ fico bem mais inspirada no momento-deprê do que num de-boa. Meu Instagram revela que a minha vida é linda, que sou rica, que tenho muitos amigos e muitas pessoas que me amam, e claro, não é bem assim. Mas é que aprendi que os problemas são meus e que os outros, exceto família e amigos íntimos, não precisam saber os detalhes sofridos da minha vida. Eu até acho que assim evito quem venham seres sem alma e coração pra me atingir de alguma forma. Você tem muitos seguidores que te adoram, eu sou uma delas, quem enchem teus comentários com positividades. Nao deixa qualquer coisinha tirar teu brilho. Usa o “garnier fructs da vida” para apagar todos os danos, hahaha. Quando surgir um foco de negatividade, vai lá e apaga. Seja no virtual ou no real. Só quero mesmo dizer que tu é linda, inteligente, bacana e vai ser sempre fácil passar por todas essas coisas. Pra terminar quero te oferecer uma canção muito linda pra vc ouvir hoje: “17 de janeiro – Os Arrais” que fala do tempo da tristeza, estações e soluções. Tenha um lindo dia! Beijos

  2. Bruna de Araújo disse:

    Você sempre se expressa bem nas palavras, fala por você, por mim, e por muitas outras pessoas. Sempre que vejo algum comentário maldoso na foto de alguém penso: cara se não gostou porque não continua rolando a página e vai para o próximo post?
    Enfim, parabéns pelas palavras e pela forma de pensar.

  3. Mel disse:

    Oi Hariana! Eu espero que não seja este tipo de gente que tem te deixado triste, não vale a pena. No meu aniversário há alguns dias atrás recebi um montão de mensagens lindas e duas pessoas conseguiram me fazer chorar – mas no final do dia lembrei do que valia a pena e passou. Deixa essa gente falando sozinha… há muita inveja e ócio no mundo. Sim, há muita gente do mal. Eu sei que você tem personalidade suficiente pra não estragar seu dia por conta destes pessoas e este texto foi só um desabafo. Infelizmente esse é o preço de mostrar às pessoas a pessoa legal e iluminada que você é. Isso incomoda quem não tem luz no coração. 🙂 Um beijo.

  4. amanda disse:

    Gostei muito do texto, parabéns! na internet somos todos muito perfeitos e arrogantes, porque é simplesmente uma maneira de se esconder.
    Não gostam? passem a frente… ninguém precisa de mais pessoas tentando nos derrubar.

  5. Paula disse:

    Hariana, te acompanho há alguns anos na rede e o que mais admiro em você é a capacidade de inspirar as pessoas através do seu feed… Nesse post você lembrou que é tão humana quanto quem te lê e acompanha… Percebi que vc andou meio down ultimamente, e isso me lembrou que até você passa por essas fases, somos todos humanos… Obrigada por apesar de tudo nos presentear diariamente com tuas fotos e posts, desejo que essa maldade alheia virtual passe bem longe de você… Você não merece isso (assim como ninguém merece)… Força na peruca gata, pq vc influencia muita gente por aí 😉
    Te desejo muita força, fé, felicidade e inspiração ☺️ Deus te abençoe, sempre!
    Paula

  6. meusvelhostons disse:

    Hey, Hari!
    Acho simplesmente incrível a forma com que você consegue se expressar e não ser nem um pouco agressiva na tua escrita.
    Concordo mais do que plenamente – se é que isso seja possível – com tuas palavras e ideia.
    E o melhor é que você passa sim, paz, serenidade e uma vida agradável pra quem lê teu blog e te acompanha nas redes sociais. Mas nunca parei e pensei em como você tem uma vida perfeita ou como você não sofre nunca. Provavelmente, quem pensa assim sofre de um mal terrível: autocomiseração. Espero veemente que essas pessoas melhorem! rs
    Continue sendo linda e fofa, como é!
    Bêjo! ❤

  7. tatimatheus disse:

    Eu às vezes entro no perfil de gente maldosa só por curiosidade.E realmente é inacreditável, quase todas têm alguma frase citando Deus e amor…. Esse é o amor que conhecem?? Ótimo texto!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s