Para minha amiga, com amor e sem filtro.

Minha amiga, você pediu que algumas pessoas próximas respondessem umas perguntinhas pra te ajudar no seu processo criativo em um trabalho importante – como se você precisasse de ajuda pra criar. Você flutua muito mais que anda, tem uma leveza rara encantadoramente combinada com a força de uma rocha. Posso responder a pergunta 2 assim? Descrevo sua personalidade com um misto de força e leveza, uma brutal delicadeza. Voltando pra pergunta 1, lá vem você sem querer fazer sentido de novo e enganando quem não tem o privilégio de te conhecer, as cores escuras, os tons neutros e a discrição elegante não conseguem disfarçar o florido que sei que tem na sua mente. Preciso descrever de uma forma mais exata? Te acho irreverentemente básica, de um jeito que jamais – mesmo que se esforce, passará despercebida por onde andar. 

A 3 é fácil, você ouve música boa… Tem cara de um reggae talvez, ou jazz levinho de restaurante fino em almoços de domingos, mas eu sei que é no rock que seus ouvidos descansam. Eu te relaciono com verde e marrom, você tem cara de verde e marrom, você tem cara de natureza. Verde, marrom e vinho se eu puder citar três. 

Suas qualidade são várias, seus defeitos também podem ser, mas como eu iria perder meu tempo identificando e analisando os defeitos de uma pessoa que tem qualidades imensas? Dentre as maiores, eu cito o cuidado, o amor que você exala sem querer. A autenticidade e o TALENTO de conseguir ser agradável e fazer renúncias por quem ama, sem nunca anular sua vontade, elejo esse seu lado encantador como qualidade maior – pra não citar os olhos, o contorno impecável do rosto e o traço da boca milimetricamente desenhado por Deus. Se eu não puder passar ilesa à pergunta dos defeitos, posso tentar arriscar que seja a falta de memória ou a falta de noção de espaço que te faz chutar obstáculos, quebrar dedos e derrubar coisas com frequência. Sua cabeça não para, assim como a minha, considero um defeito meu, então te empresto esse traço como defeito também. Pode ser? 

Pergunta 7, minha primeira impressão? A melhor possível, uma conterrânea falante, amorosa e forte! Essas foram e são minhas impressões até hoje, mas do nosso primeiro encontro, compartilho minha conclusão quando nos despedimos, fui pra casa tendo a certeza que eu tinha ganhado uma nova amiga. 

No futuro te vejo de pés descalços com uma horta maior que a sua casa, te imagino com uma filha vestindo flores, o chá gelado numa mesa de madeira na soleira da casa e uns bons amigos em volta dela rindo da vida ao som de algum rock dos anos 70. Eu gostei de responder sobre você e não queria já estar na sua última pergunta, quem me conhece e não te conhece só consegue pensar uma coisa: essa menina-mulher deve ser gente boa pra caramba! E é. 

Amo você, minha amiga.

4 comentários sobre “Para minha amiga, com amor e sem filtro.

  1. Wilker disse:

    Não sabia o quão maravilhosa você podia ser até ler essa cartinha aberta pra sua amiga. Muito lindo como você tem uma leveza e transmite isso tão fácil. Além das suas palavras tem um sentimento tão gostoso de se ler… Você me inspira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s