Produtinhos

Eu já entendi que os produtinhos de beleza são paixão nacional feminina e muitas farmácias estão virando os nossos lugares preferidos! Faz tempo que não compartilho alguns produtos, então juntei vários pra fazer o post hoje pra vocês!

foto (3)1- Rímel L’oreal Grow Luscious: Minha mãe comprou pra ela e não gostou e acabou me dando. Apesar de ser fiel às máscaras da Maybelline, gostei bastante desse. Achei o aplicador meio grande demais e pra quem não tem muita coordenação motora como eu, isso é perigoso. Ele promete alongar e dar volume, mas acho que ele funcionou mais no alongamento, então é legal usar ele seguido de um de volume pra dar aquele drama nos cílios. Não sei onde vende e não quanto é, me perdoem haha

2- Polpa Hidratante Natura Ekos: Eu adoro essas bisnaguinhas hidratantes! Nada deixa a pele das mãos mais macias! E descobri que pra passar em tatuagens recém feitas, ela também é ótima porque a absorçã dela é super rápida… O cheirinho é o Moça Bonita, edição limitada da Natura bem floral, estou amando!

3-MAC Prep + Prime BB: Paixão. Eu demorei, cheguei atrasadíssima ao BB… Beauty Balm, sei nem o que é pra ser isso exatamente, tudo que eu sei é que não é base, não dá aquele aspecto fake na pele, tem FPS (abençoado seja), deixa a pele super uniforme e com uma textura muito natural, impossível não amar! Só o preço que é um pouco salgado, maaas pra isso, tem o próximo item!

4- BB Cream Maybelline: Já era sucesso nos EUA e chegou ao Brasil em março, nas farmácias mais fresquinhas já se encontra pra comprar… O aspecto natural e uniforme é muito semelhante ao da MAC, tem proteção solar e custa 6 vezes menos, então acho que na relação custo x benefício, este vale um pouco mais a pena…

5- 3D Whitestrips Oral B: Ganhei da minha mãe, ainda não usei porque tomo café demais e qualquer clareamento fica meio complicado pra mim. No entanto, consultei minha concunhada que é dentista e pedi o parecer dela quanto a essas fitinhas branqueadoras… A resposta não foi das melhores, o produto é muito forte e foi desenvolvido para os dentes, o problema é que esse produto fica em contato com a gengiva e se os dentes já ficam sensíveis, vocês conseguem imaginar o estrago na gengiva, né? Os problemas podem ir de sangramento à infecções, sendo assim, o recomendado é mesmo procurar um profissional se você quiser passar por algum processo de clareamento dental, ele saberá a melhor opção pra você.

6- EOS Lip Balm: desde que eu fui pros EUA em 2007, hidratantes labiais viraram meio que uma obsessão… Voltei pra casa com chapsticks até sabor cookies… Desde então, ainda que eu tenha ficado mais controlada, ainda tenho recaídas. O Carmex, até então, era meu preferido, mas essa bolotinha de várias cores me despertaram curiosidade, fui no eBay, comprei e me apaixonei! São vários sabores, esse verdinho é de menta e a hidratação é fantástica… Sem contar na embalagem que é uma fofura e eu sempre caio no encanto das embalagens bonitas. Enfim, recomendadíssimo!

7- Óleo de Argan Salon Opus: OK, todo mundo já sabe que todos os produtos da Moroccanoil são JESUS em vidrinhos, mas eu acho o preço muito exagerado e apesar de nunca ter tido coragem de gastar meu precioso dinheirinho em um produto da linha, acho que a marca não vale tuuuudo isso. Esse óleo de argan da marca nacional Salon Opus custa R$ 13,00 contra quase R$ 100,00 da linha da Moroccanoil, uso como reparador, é bem levinho, não fica gosmento e nem oleoso… O cheirinho é gostoso e realmente acho que não deve perder pra linha importada. Recomendo também!

Esses foram os produtinhos da vez, qualquer dia desses volto com mais dicas!

Beijo e ótima páscoa pra todo mundo!!

Look(s) Do Dia #8

Hoje escolhi duas meninas que me chamaram bastante atenção… A primeira é a Letícia, uma Recifense de apenas 14 anos (pasmem!) e que está morando na Espanha. Ela é super estilosa e ainda não entendi como não tem um blog só dela pra expor os looks, novinha assim e cheia de personalidade… Tá de parabéns!!

424328_373191599416150_2017697840_n 2053695_page 2162552_page 2257665_pagePra quem quiser mais Letícia: TwitterTumblrInstagramFacebook

A segunda é a Duda Medeiros quem tem 18 anos e também me despertou a mesma dúvida quanto ao porquê ela ainda não fez um blog, além disso a Duda também é de Recife! Aliás, Recife sempre em peso por aqui, saibam que eu AMO o sotaque de vocês ❤ haha

My PhotoNo primeiro look: Short Lança Perfume / Salto Animale / Blusa Cheap Shop / Bolsa Burberry / Cinto Coca-Cola. No segundo look: Saia Cheap Shop / Salto Jorge Bischoff

602539_310110879098161_1653578471_n

Salto Myosotis / Clutch Patricia Bonaldi
Tem mais Duda no Twitter e o no Instagram
Gostaram? Saiu e gostou do look? Fotograda e manda pra gente! hrnmnk@gmail.com
🙂

Qual o App? #1

Devia existir um código de ética no Instagram e lá deveria constar que é totalmente proibido fazer esta pergunta! Claro que a gente sempre tem a curiosidade e até seria normal o questionamento se as pessoas não tivessem perdido o limite e atribuissem todo o mérito de uma boa foto ao aplicativo utilizado. Não são os aplicativos que fazem a foto, mas claro que eles dão uma ajudinha, então resolvi fazer o primeiro post sobre aplicativos, não necessariamente todos serão de foto… No primeiro post sim, já que eles são os preferidos de todo mundo!

foto 3 (1)

O primeiro é o BeFunky! Aplicativo disponível para iPhone e Android… Ele é um aplicativo geral de edição, onde se pode ajustar brilho, contraste, dar aquela endireitada na foto que saiu tortinha, colocar bordas e efeitos que são bem diferentes dos disponíveis no instagram! E para os que não têm um celular compatível, a boa notícia: tem um editor online (aqui).

foto 2 (1)Esse aqui também está disponível para iPhone e Android e não tem muito o que explicar, é um aplicativo de fontes pra você escrever nas suas fotos. Aproveitando o tópico, queria fazer um agradecimento especial ao meu namorado que me ajudou a fazer as fotos demonstrativas, inclusive escolhendo as frases lindas e inspiradoras como “surto no baile”.

foto 1 (1)Esse aqui não tem para Android 😦 é um aplicativo super fofo de “adesivos” pra você carimbar as suas fotos, são muuuuuuuuuuuitos, só coloquei alguns pra exemplificar. São todos dentro do tema retrô e muito fofos! Dá pra se divertir bastante, as molduras desse aplicativo também são demais!

 

No próximo post de aplicativos venho com alguns que não sejam só de fotos.

Beijos!

 

 

Guia de Profissões – Nutrição

Bom dia, gente!!! Segunda participação do guia de profissões é da Bruna, uma nutricionista pequeninha e linda! Conheci ela há mais de dez anos, no último ano da escola e resolvi convidar ela pra participar aqui e acabei de descobrindo que ela deu uma mudada na vida profissional ela, vamos ver?

Photo

foto

Merck Instagram Twitter

– Por que você escolheu o curso?

Porque sempre me interessei muito por biologia, alimentação e saúde no geral. Sabia que queria algo na área da saúde, mas nunca fui uma pessoa muito decidida profissionalmente, e sempre tive dúvidas sobre o curso enquanto cursava. Após me formar, tive contato com as 3 principais áreas da Nutrição e não me sentia satisfeita profissionalmente. Foi quando migrei para um outro ramo, que pode ser atuado dentro da Nutrição ou não, que é o ramo de Marketing. No meu caso, eu trabalho com propaganda médica para um laboratório de remédios, mas no meu dia-a-dia também encontro nutricionistas que trabalham com propaganda de produtos nutricionais (suplementos, complementos e vitaminas).

– Quais são as principais atividades da sua profissão?

Na profissão que eu exerço atualmente (propagandista de medicamentos), o foco é realizar a propaganda dos medicamentos para médicos. Dentro da Nutrição, um propagandista realiza a propaganda para médicos e também para nutricionistas. Nesse ramo, fazemos propaganda dos nossos produtos e explicamos as principais características aos médicos, como apresentação, posologia, indicações, interações medicamentosas, contra-indicações. O foco é convencer o médico a prescrever o nosso produto. Trabalhamos também analisando o mercado dos nossos produtos e acompanhamos a evolução de nossas vendas, além também de acompanhar um pouco o estoque dos nossos produtos nas farmácias.

– O que você mais gosta no seu trabalho?

Posso dizer que hoje já sei o que quero ser quando crescer! É maravilhoso trabalhar neste ramo. É difícil encontrar alguém que atue na propaganda médica insatisfeito. A vantagem principal de trabalhar neste ramo é, sem dúvida, a remuneração. Os laboratórios pagam muito bem os funcionários, e a média de salário varia entre 5 e 15 salários mínimos, além de todos os benefícios (carro, combustível, prêmio, participação nos lucros, vale-refeição, plano de saúde, plano odontológico, e por aí vai…).

Outra vantagem de trabalhar neste ramo é o fato de um dia nunca ser igual ao outro. Cada dia temos desafios diferentes, estamos em lugares diferentes, conhecemos pessoas diferentes, fazemos amizades… O horário também é mais flexível do que o de um trabalhador que trabalha em uma empresa local.

– Quais traços/habilidades são indispensáveis para quem quer entrar no curso?

Como a Nutrição atua em diversos ramos, ela oferece um leque de opções que se enquadram em diversos perfis. Mas o que eu acho essencial em um profissional da área é o interesse pela parte de Biologia, Química e saúde no geral. O curso inteiro é baseado nos processos biológicos e fisiológicos do organismo e nos elementos e reações químicas dos alimentos.

Para atuar na área específica em que eu atuo (Marketing), é importante ser uma pessoa comunicativa, desenrolada, persuasiva e auto-confiante, além de gostar de desafios e estar preparada para trabalhar com metas.

– Em que áreas o profissional de Nutrição pode atuar?

– Marketing: propaganda médica e propaganda nutricional (visitando médicos e nutricionistas e representando laboratórios nutricionais, como Nestlé, Abbot, Support, entre outros).

– Nutrição Clínica: um nutricionista clínico trabalha em hospitais, utilizando da alimentação para a recuperação de doenças no geral, além de  orientar nutricionalmente os pacientes que recebem alta para que eles dêem continuidade a uma dieta específica, a fim de que eles mantenham a saúde e previnam doenças. O nutricionista clínico também pode atuar em consultórios e ambulatórios, atendendo pacientes a fim de elaborar planos alimentares específicos, de acordo com a necessidade de cada um.
– Alimentação Coletiva: um nutricionista desta área trabalha com produção de alimentação, em cozinhas industriais. Ele é o responsável por gerenciar a equipe, planejar cardápios, acompanhar os processos, realizar pedidos e supervisionar o serviço, além de garantir a implantação e execução das leis da Vigilância Sanitária em seus serviços (restaurantes, hospitais, creches, etc.).
– Saúde Coletiva: um nutricionista desta área geralmente é concursado, trabalha para o governo ou para o município. Ele é o responsável por aplicar os programas de alimentação do governo em sua cidade, prestar atendimento a comunidades carentes, fiscalizar as leis da Vigilância Sanitária e atuar em diversos programas do governo federal, com o foco na saúde pública.
– Ensino: o profissional nutricionista pode também se dedicar ao ensino (docência, pesquisa, supervisão de estágios, extensão) e à coordenação de cursos de Nutrição.

________

O que estão achando da seção? Eu estou amando ler os relatos!

Beijos

Dica rápida (e barata) de decoração.

Boa noite!

No começo do ano, montei um cantinho aqui em casa pra eu trabalhar… Na verdade eu só precisava de uma escrivaninha perto de uma tomada e uma cadeira, mas quem é que aguenta trabalhar em um lugar sem graça? Bem na frente da escrivaninha tinha uma parede branca que me incomodava muito, resolver esse problema foi super fácil e eu resolvi compartilhar aqui. 🙂

Procurei em sites como Tumblr, WeHeartIt e Pinterest, alguns pôsteres motivacionais que combinassem com o ambiente, já que eu olharia pra eles em horário de trabalho, achei que umas mensagens positivas fariam bem, pois bem, achei as imagens e mandei pra gráfica (não tenho impressora), imprimi dois em formato A4 e dois em formato A5.

Photo

Aíííí, eu ia mandar fazer as molduras, mas enquanto eu enrolava, um dia fui dar uma volta na Tok&Stok e lá achei as molduras já prontas a precinhos super amigos: 13,90 a moldura A4 e R$ 9,90 a moldura A3! Foram direto pro carrinho e depois pra minha parede! Adorei! Saiu barato e ficou exclusivo… Vocês podem fazer com o que quiser, inclusive fotos.

Photo-2

O site da Tok&Stok é uma zona e não consigo mandar links específicos dele, então vai o caminho aqui pra quem quiser comprar on-line: vá na seção Acessórios, em seguida clique em Decoração e, então, clique em Molduras e bases para quadros. Lá tem todas as opções pra quem quer aproveitar a dica e o precinho camarada. O meu cantinho personalizado ficou assim:

foto 1

Sim, os bonecos são todos do McLanche Feliz, me julguem.

Espero que tenham gostado da dica.

Beijos!

Eles não comem carne.

Boa noite, pessoal!

Há um mês minha irmã decidiu virar vegetariana e foi a partir disso que eu resolvi abordar o assunto aqui. Na verdade já conheço várias pessoas que são, já conversei sobre o assunto com algumas dessas pessoas e, apesar de eu não ser e realmente não imaginar a possibilidade de um dia virar, acho legal abordar o assunto aqui. Tenho certeza que muita gente quer/já quis e até mesmo já tentou. Resolvi, então, pedir pra quatro amigos darem seus depoimentos breves sobre o assunto! Acho que ouvir relatos de pessoas que vivenciam, de formas variadas, essa realiade de não comer animais.

Vou começar com o André que é radicalíssimo! Não come nada sequer derivado de animais, não come nada que vá leite, nada que tenha ovo, queijo e etc. Eu não consigo imaginar como isso é possível, mas ele garante que dá pra se virar bem!

foto 3

Vegetariano há quase 10 anos, ele conta como começou:

“Foram muitas coisas que me motivaram. Em meados de 2004, eu andava com ativistas pró-direitos dos animais e bandas veganas/straight edge. A turma que eu andava não me forçou a tomar nenhuma decisão, mas eu sempre me informava sobre. Frequentava muitos shows veganos com músicas, palestras e comida vegana… Em um belo dia cheguei em casa com meio quilo de texturizado de soja (parece carne moída), olhei para minha mãe e perguntei: “Como eu faço isso? Não quero mais comer carne”, ela respondeu “não sei” e se matou de dar risadas da minha cara. A partir daquele eu virei lacto-vegetariano, isso durou oito anos e de uns dois anos pra cá eu não como nada de origem animal (ovo, queijo, leite e etc…)”

O André ainda deu umas dicas pra quem quiser se informar sobre o assunto.

– O Guia Vegano – ajudou e ainda o ajuda até hoje

– O portal ViSta-se

– Pesquisas no Google.

– Palestras, ouvir as experiências dos palestrantes é estimulador.

O André. pra quem quiser, tem siteInstagram e Twitter.

foto 1O Thiago é vegetariano há um ano e meio e tudo começou com um péssimo almoço:

“Bem, a minha história é a seguinte: fui fazer um show em São Paulo, com minha extinta banda Les Pops, numa sexta-feira, dia 3 de setembro de 2011. Chegamos e fomos almoçar no Luna de Capri (uma cantina numa esquina da Augusta). O almoço era rodízio de massas acompanhado de frango à passarinho. Foi horrível. Fiquei com muito nojo da comida; o aspecto e o cheiro eram péssimos. Fui pro hotel e fiquei a tarde toda com uma sensação ruim, com aquela comida pesando no meu estômago. À noite, depois do show, fomos todos da banda ao Sujinho. Comentei com um amigo, que é vegetariano, sobre o meu péssimo almoço e resolvi dividir com ele uma porção de polenta com salada. Estávamos numa mesa grande e ficamos nós dois numa das pontas, conversando sobre vegetarianismo. Até aquele dia eu comia muita carne! E inclusive vivia perturbando esse meu amigo sobre a sua opção de ser vegetariano. Nessa conversa ele sugeriu que eu assistisse ao filme Terráqueos (Earthlings). Voltei para o Rio no sábado e assisti o filme no YouTube. Desde então, nunca mais comi carne.”

O Thiago dividiu com a gente as publicações que o ajudaram a entrar de cabeça nesse estilo de vida:

– O filme Terráqueos – Assista aqui 

– O documentário A Carne é Fraca – Assista aqui

– O livro Alimentação Sem Carne, do brasileiro Eric Slywitch – Compre aqui

Mais Thiago no Instagram, nesse site que publica algumas fotos e no Cafuné, cafeteria super charmosa que fica no Rio, alô cariocas, fica a dica!

foto 4A Flavinha, minha amiga querida, é vegetariana desde o dia 25/09/2011 – 22 dias depois do Thiago que sim, é namorado dela! Já conversamos sobre isso pessoalmente uma noite, mas pedi pra que ela me escrevesse e ela, prontamente, atendeu ao pedido. Tente resumir ao máximo, mas o depoimento dela foi tão completo que foi inevitável deixá-lo extenso:

“Eu nunca pensei em ser vegetariana, muito pelo contrário! Ia todo domingo em churrascarias, fazia frango em casa e frutos do mar eram minha perdição! Até que um dia um amigo do Thiago falou de um filme e um livro que tínhamos que ver… No começo do livro já fui ficando atenta, tentando evitar carne onde dava… No filme, não consegui passer dos 8 minutos, o Thiago viu tudo e passou dias em estado de choque, falando que eu tinha que ver. Adiei e vi um mais leve, li alguns livros e tomei a decisão de parar de comer carne, nunca mais consegui compactuar com esse comércio. Sempre cuidei da minha alimentação, da qualidade dos alimentos que consumo e me informar sobre a indústria da carne foi essencial para que eu não quisesse mais nada daquilo no meu organismo, a gente cresce aprendendo que comer carne é normal e acaba virando automatic, ir pro manual é o mais complicado. O primeio passo passo para tornar-me vegetariana, foi o conhecimento, ele é fundamental, quem toma a decisão sem o conhecimento, sempre cai na tentação de novo. Em resumo, foram 3 fatores que me motivaram: a saúde, os animais e o planeta.

Pela saúde: não há NADA presente na carne animal que a torne indispensável ao organismo humano. Tudo que precisamos de nutrientes são facilmente substituíveis por fontes vegetais. Em relação à mim, minha saúde só evoluiu!! Tinha enxaquecas crônicas, prisão de ventre, inflamações na garganta, cravos e outros probleminhas na pele.. Tudo isso constantemente.. Vivia assim, achando que era o meu natural. Desde que parei de comer animais eu NUNCA mais tomei antibióticos (tomava umas 5/6 vezes ao ano) e fiquei mais de um ano sem NENHUMA espinha. Enfim, é realmente surreal notar todas estas transformações em mim. Ninguém me contou, eu estou sentindo.

Pelos animais: é muita covardia, sofrimento, agonia, dor, falta de cuidado, sujeira, crueldade. não dá pra compactuar, não dá. O meu gato de estimacão nào é comida, ele é um ser, me faz companhia.. Eu nunca vou matá-lo pra comer, eu não preciso comer animais. tem muita gente que fala que “o ser humano é carnívoro desde os primórdios”. Mentira! O tigre é carnívoro! Carnívoro é quem mata pra comer e come ali mesmo, dilacera na hora com os dentes, se lambuza de sangue e come cru.. O homem precisa temperar, salgar e preparar a carne pra comer, come por prazer, não por necessidade.  Simplesmente não preciso comer outro ser, posso comer outras coisas que a natureza me oferece.

Pelo planeta: são dados muito técnicos pra explicar aqui, mas fiquei de boca aberta com o tamanho do consumo e do desgaste ao meio ambiente provocada pela criação, pela indústria em alta escala de produção de animais para o consumo humano – sim, porque eles nem nascem espontaneamente, eles são produzidos – quem se interessar, vai ficar de boca aberta e muito impressionado vendo os documentários.

Então, quando se sabe, quando se toma consciência, é simples, não dá mais vontade, você olha praquilo de outra forma.”

Além dos vídeos que o Thiago indicou, ela recomenda também o livro Comer Animais do Jonathan Safran Foer – esse confesso que me deu curiosidade de ler, um dos meus livros preferidos é deste mesmo autor! E inclusive, ela disse que a Natalie Portman linda vai fazer um documentário sobre o livro!

Tem mais Flavinha no Instagram, tem o site e tem também uma história linda aqui que ela contou pro César Ovalle no ano passado! ♥

foto 2

Por último, a Carol, a mãe mais linda da atualidade! haha depois do casal vegetariano e do André que é super radical, chamei a Carol que é uma “vegetariana” um pouco mais light, não come aves e nem carne vermelha há uma década, mas ainda consome frutos do mar.

“Eu só como carne de peixe e frutos do mar. Não como vermelha, nem frango e nenhum outro tipo há 9 anos. Comecei a parar de comer apenas carne de porco, porque amava o bichinho! Isso há uns 10 anos, daí depois de ano tirei o resto e até o peixe, mas depois de dois anos voltei a comer frutos do mar. Parei de comer por uma série de motivos. Eu tinha um amigo que não comia e um certo dia ele me monstrou uns videos e eu fiquei chocada e com muito nojo, dá dó demais dos animais… Na verdade eu acho super normal comer carne, não tenho nojo. Minha filha come e sou eu mesma quem faz. O que me irrita é a maneira como eles são tratados, como se fossem lixo! Isso me irritou muito, há uns tempos eu até comi um pedaço de bife, mas não gusto mais de carne mesmo, o cheiro até pode ser bom, mas a textura e o sabor não gosto mesmo… Então é isso, no começo fui motivada pelos animais e hoje em dia não tenho mais a necessidade da carne, substituo bem com peixes, hamburgers de soja… O que eu adoro nessa coisa de não comer carne é como somos criativos para a comida, a maioria acha que comemos coisas ruins e sem gusto, mas a mesa de um vegetariano é a mais saborosa.”

Tem mais Carol no Instagram. As indicações dela também foram os filmes “Terráqueos” e “A Carne é Fraca”, pelo jeito são obrigatórios pra quem quer entrar no vegetarianismo!

Bom pessoal, espero que tenham gostado e que o post tenha ajudado quem tem a vontade de aderir ao estilo de vida também. Queria só dizer que é preciso que a decisão seja feita por você e não pelos outros, não por imagem ou porque parece legal. Em todos os exemplos que apareceram aqui, a decisão veio de dentro, quando o corpo e a mente não conseguiam mais aceitar o consumo de carne. E outra coisa importante é o respeito, sua decisão é somente sua decisão e o melhor pra você, não necessariamente é o melhor pro outro.

Beijo pra vocês!

Dica cultural francófona

Dia 20 de março é o dia internacional da francofonia… Francofonia, pra quem não sabe, em resumo é o “coletivo” das regiões e pessoas que falam a língua francesa. Anualmente a data é marcada por celebrações por todos os cantos… A língua francesa é, pra mim, a língua mais linda desse mundo, Paris a cidade mais mágica e o povo francês charmosérrimo no seu quase desleixo e na sua quase grosseria.

Preparei o post pra quem estiver interessado em atividades culturais diferentes nos próximos dias… A Organização Internacional da Francofonia juntamente com consulados da França, Bélgica, Canadá e Suíça preparou uma programação especial para difundir a cultura francofônica.

LIBERTE_EGALITE_FRATERNITE

Em São Paulo:

– Do dia 21/03 até o dia 31/03, onze filmes francofônicos serão exibidos no CineSESC (R. Augusta, 2075), dentre eles, 8 inéditos.  Programação em http://www.sescsp.org.br/sesc/programa_new/busca.cfm?conjunto_id=10744

– Do dia 19/03 a 04/04, na Cinemateca Brasileira (Largo Senador Raul Cardoso, 207), em um de seus blocos, uma mostra de filmes também será promovida, entre eles alguns clássicos de Godard, Cocteau e Renoir. Em um outro bloco será exibida a obra do fotógrafo e cineasta  Raymond Depardon. Programação em http://www.cinemateca.gov.br/programacao.php?id=291

– Dia 20/03 no SESC Pompéia (Rua Clélia, 93), o canadense David Giguèrre e a banda francesa Mademoiselle K farão shows a R$16.

– Dia 24/03 no Cinema da Reserva Cultural (Avenida Paulista, 900), um café da manhã tipicamente francês será servido e às 10:30 o filme Propriedade Privada será exibido. Essa ação em parceria da Reserva com a Aliança Francesa se repetirá um domingo por mês até novembro (São Paulo, te amo!)

Em Brasília:

– Na CCBB (SCES, Trecho 2, lote 22), do dia 19/03 a 24/03 vai rolar a semana da Língua Francesa, foi a programação mais legal desse ano! São shows, exposições, filmes, mostra de gastronomia, ets… Vale a pena conferir a programação em http://www.francofonia.org.br/index.php/calendário

No RIo de Janeiro

– De 19/03 a 24/03 a mostra de cinema da cidade maravilhosa vai ser no Auditório da Aliança Francesa (Rua Muniz Barreto, 730) e no Cinemaison (Avenida Presidente Antônio Carlos, 58) . A programação você vê em http://rioaliancafrancesa.com.br/mostrafrancofonia/

________

Se alguém souber alguma programação além dessas e em outras cidades, por favor, compartilhem aqui!

Soutien, batom, cachecol, paletó, elite, suíte, abajour, garçom, carrossel, filé, revanche, conhaque, tricot, chique, garagem, raquete, maquiagem… Todo mundo fala um pouco de francês! Me permitem aproveitar a dica cultural pra mais uma playlist? Oba! Aí vai!

foto

E por último, um pouco das minhas lembranças francesas, escrever esse post e ouvir essas músicas me deu uma saudade danada!

My PhotoPhoto