Por quê?

Um post só mesmo porque já é 2013 e muitas pessoas ainda não entenderam, essa é a forma que eu encontrei para colaborar para um mundo menos agressivo aos olhos, literariamente falando.

 – Por que: Se você conseguir substituir o  “por que” por “por qual motivo” ou “por qual razão” é porque é por que separado.

Exemplos:

  1. Por que você acordou cedo?
  2. Não entendi por que ainda não comecei a dieta?
  3. Por que está tão quente hoje?

– Por quê: esse é o mais fácil, é sempre usado em final de frase, se estiver no fim da frase, acento circunflexo nele!

Exemplos:

  1. Acordar cedo por quê?
  2. Você podia ter depositado pela internet, foi ao banco por quê?

Tá, vocês já entenderam esse… Próximo!

– Porque: esse é explicativo, se usa para justificar algo, geralmente pode ser substituido por “pois”, “já que”, “a fim de”, “uma vez que”.

Exemplos:

  1. Fui ao cinema porque precisava me distrair.
  2. Vou dormir porque estou muito cansada.
  3. Chorei porque estava triste.

– Porquê: esse aqui, se você puder substituir a palavra por apenas “motivo”, é junto e com acento! O porquê é um substantivo e pode, inclusive, ser usado no plural.

Exemplos:

  1. Ainda não entendi o porquê de termos brigado.
  2. Ela foi embora de casa sem porquê.
  3. Meu chefe estava estressado, ele tinha muitos porquês.

grammar

É isso, fiz minha boa ação do dia.

Beijotchau!

5 comentários sobre “Por quê?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s