Bolo de Caneca

Eu sei que a onda dos bolos de caneca já passou e que talvez todas as pessoas que vão ler esse post já saibam fazer, maaas tenho a esperança de que ao menos uma alma ainda não tenha feito e faça com minha super receita!!

Eu notei que culinária é um assunto que ainda não tinha passado por aqui e as chances de esse assunto voltar é bem remota, já que eu sou uma negação na cozinha 😦

caneca-receita-boloA caneca que eu uso pra fazer o bolo dá uma mãozinha, ela já vem com a receita, mas você não precisa de uma dessas. Basta uma xícara com capacidade igual ou maior a 300ml e os ingredientes abaixo:

– 1 ovo pequeno

– 4 colheres de sopa de leite

– 4 colheres de sopa de açúcar

– 3 colheres de sopa de óleo

– 2 colheres de sopa de achocolatado (eu uso Nescau mesmo)

– 4 colheres de sopa de farinha de trigo

– 1 colher de chá/café de fermento

foto 1(essas bolinhas brancas estão erradas, é o fermento embolorado e eu com medo de mexer demais)

Modo de preparo: misture tudo (menos o fermento) na caneca até ficar homogêneo. Eu vou misturando bem a cada ingrediente que eu adiciono na caneca, assim facilita a massa ficar homogênea mais rápido. Quando ela estiver bem bonitinha, adiciona  o fermento e mistura devagarinho até se infiltrar na massa. Sei lá qual é o bafão do fermento, mas cresci vendo minha mãe ficando tensa na hora de colocar o fermento haha

Depois é só colocar no microondas em potência alta por 3 minutos. E aí, tcharã! Tá pronto! Hoje eu deixei o meu sem cobertura, mas ela fica a critério de vocês… Brigadeiro, Nutella, doce de leite, coco, confeti, cobertura de chocolate normal, enfim. Vocês que sabem!

Mesmo com meu medo envolvendo o fermento, deu certo e ficou ótimo! Ele já acabou antes mesmo do post ir pro ar…

foto 2

Pra quem gostou da caneca, é bem fácil de achar… Tem em várias dessas lojas de cozinha, é da marca Oxford. Se quiser comprar sem sair de casa, achei ela aquiaqui, aqui e aqui.

É isso, meninas. Além disso, sei fazer muffins, brigadeiro, panqueca, bolo de cenoura e mousse de limão. Fim. Se quiserem ver uma das receitas dessa lista enorme, é só pedirem que eu dou um jeito de colocar aqui pra vocês!

Beijo

Look do Dia #4

Meninas, já faz mais de um mês que eu postei o último look de vocês aqui. Vamos ver mais dois? Continuem mandando pro hrnmnk@gmail.com e, com certeza, vocês vão aparecer por aqui.

O primeiro de hoje eu adorei, a Letícia foi super fofa e mandou várias fotos do look dela. Ela é de Brasília, tem 18 anos e divide um blog com o irmão dela (legal, né), eles falam sobre vários assuntos, pra dar uma conferida, clica aqui.

Me identifique com o look em dois pontos: o blazer que não falta nunca no meu armário e na minha rotina de mulher trabalhadora e o coque no topo da cabeça que é quase meu uniforme capilar, já que não consigo passar nem 5 minutos com a cabeleira solta, a alternativa é sempre subir o “cocão”. Adoro!

Blazer: Zara  / Vestido: Feito em casa com resto de chitão (exclusivíssimo) / Cinto: ED Complementos / Sapatilha: ED Complementos.

foto 1

foto 2

O segundo é da Kemilly Duarte que também tem 18 anos e é de Rio Claro (SP). Escolhi o dela pra vir junto com o da Letícia porque ela também foi de blazer, mas com camisa embaixo. A saia jeans deu a quebrada na seriedade da parte de cima, adorei! Sem falar na foto, né? Linda! No e-mail ela não comentou nada, mas deve ser modelo…

A Kemilly não tem blog, mas diz que é viciada no instagram. Pra quem quiser seguir: @kehduarte.

548713_433363466711669_1904464084_n

O que acharam? Mandem os de vocês também!!

Beijos!

Quem quer?

Boa tarde, gente!

Bom, vou dar uma de muambeira aqui hehe não que eu ache legal, mas não tinha espaço melhor que o blog pra fazer isso.

Seguinte, eu ganhei um estojo de pincéis da M.A.C. com 12 peças e eu não tenho a menor ideia de pra que serve cada um deles ( 😦 ), pensei em deixar na bancada do banheiro pra enfeitar porque eu realmente amei ele, mas acho que muita gente pode fazer uso melhor. Ele é liiiindo, então resolvi vender por 100 dinheiros + frete, tá baratinho, né?

foto 1

 

Quem acompanha o blog há mais tempo já sabe que não tenho sequer um potinho de sombra na gaveta e que meu kit de maquiagem se resume a pouquíssimos itens, então quem tiver interesse, me manda um e-mail no hrnmnk@gmail.com com seu CEP e eu mando quanto fica o frete.O estojinho é tipo um courinho, lindo! 🙂

foto 2

 

Booooom! Aproveitando que eu ia fazer um momento merchan aqui, resolvi tirar da gaveta um saco de capinhas de celular que eu comprei há quase UM ANO, gente. Quero me livrar delas, então fica aqui embaixo as que eu tenho e quem quiser alguma, só me mandar e-mail também.

foto 3

 

Os itens são:

– Game Boy (1 unidade): R$ 20,00 + frete

– Coruja (1 unidade): R$ 20,00 + frete

– Claquete (2 unidades): R$ 15,00 + frete

– Panda (2 unidades): R$ 15,00 + frete

– Caveirinhas (1 unidade): R$ 15,00 + frete

– Câmera (3 unidades): R$ 10,00 + frete

– Fita cassete (3 unidades): R$ 10,00 + frete

– Chifrinhos (1 unidade): R$ 10,00 + frete – detalhe que essa é pra iTouch 4, comprei errado hehe foto 4 foto 5

 

É isso, quem puder, dá uma divulgada, por favor? Porque elas tão há muito tempo aqui em casa e essa é única saída que eu tenho pra desovar as coitadinhas haha

Beijos!!

Dica de Filme – Like Crazy

Oi!!! Vim falar sobre outro filme! Notei que algumas pessoas acatam as dicas e realmente procuram assistir o que eu indico, então vou tentar fazer com que as dicas sejam mais frequentes.

(A Ingrid Michaelson fazendo cover de Elvis Presley quase mata a pessoa do coração)

Like Crazy é a história do Jacob e da Anna que estudam na mesma universidade e depois de ela tomar a iniciativa, se apaixonaram e viveram um romance daqueles puros, intensos e verdadeiros, com momentos simples, mas carregados de sentimento. O único detalhe é que ela é britânica e em um dado momento, ela é obrigada a retornar ao Reino Unido porque passou as férias de verão em solo americano com seu visto vencido e é aí que o romance dos dois é posto à prova. – Graças à Nossa Senhora dos que namoram à distância, assisti esse filme junto com meu namorado. Se fosse na época em que a gente lidava com a distância, o efeito seria devastador haha

tumblr_mhcg9zWcF61rc7ngbo1_500

Ao mesmo tempo que os dois estavam avassaladoramente apaixonados, ambos estavam formados e a vida dela no Reino Unido estava andando com o emprego novo em um jornal e Jacob tinha seu próprio ateliê nos Estados Unidos. O que me encantou nesse filme é o que me encanta em todos os filmes que tenho como preferidos: a realidade. Enquanto a emoção gritava, a razão falava mais alto ainda em em meio à lembranças, choros e ligações, a vida dos dois continuava aos trancos e barrancos.

Eu não sei até que ponto posso continuar a falar da história para não estragar a emoção de quem vai assistir, mas posso dizer que a vida andou, que eles se dedicaram à suas vidas profissionais, que conheceram outras pessoas, tentaram ser felizes. Ainda que o contato nunca tenha acabado e eles sempre, de algum jeito, alimentaram o que sentiam um pelo outro, a sensação que fica, após o novo encontro é que eles já não eram mais os mesmos que se apaixonaram na faculdade e que as coisas têm seu lugar e hora para acontecer e, em muitos casos, validade.

tumblr_mhbno7p7gf1s2rt34o1_500

É um desses filmes de amor que falam sobre amor de verdade, sem cavalo branco, sem gata borralheira, sem abóbora. Amor desses que sofrem, choram e gritam. Amor como tem que ser, cheio de emoções, nunca isento dos problemas, mas com a vontade de resolver todos sempre ligando as duas pessoas.

Acho que vocês já repararam, mas eu não consigo evitar: eu amo filmes melancólicos.

tumblr_mhao0hPE1H1rj1olso1_500

Super recomendo!

Eu voltei!

Oi, gente!!

Bom, estou nos meus últimos dias de férias. Hoje de manhã retomei a academia, sexta-feira retomo o trabalho e isso faz dessa semana perfeita pra retomar com o blog também, né? 🙂

Enquanto coloco a casa e os e-mails em dia, vou compartilhar com vocês um pouco das minhas férias. Nove dos 30 dias que tirei, eu passei em uma praia cearense que fica a 300km da capital Fortaleza: Jericoacoara. Eu já não sei mais quantas vezes já fui, sei que a primeira vez foi há 15 anos e não tinha sequer energia elétrica.

foto 1

Eu amo essa praia e isso é bem estranho porque eu sou uma pessoa completamente urbana, mas alguma coisa dessa praia me ganha e me faz entrar no clima rapidinho. Foram 8 dias dormindo cedo e acordando mais cedo ainda, comendo frutas, tomando banho de mar, andando com os pés descalços e quase sem acesso à internet.

A praia é de super difícil acesso, não tem asfalto até lá e um trecho bem grande precisa ser percorrido pela praia, o que já limita o acesso. Outra coisa é que não é permitida a entrada de carros na praia, então tem um estacionamento bem grande na entrada da cidade onde os carros precisam ser deixados. A praia não tem um centímetro sequer de asfalto, isso mantém a rusticidade do lugar e faz parte da beleza de Jeri.

Entre as melhores coisas de lá, estão os restaurantes (comida muito boa a preços justos), o pôr-do-Sol que é, de longe, o mais lindo que já vi e, para os que praticam Windsurf, o vento é atração principal. Sempre que vou, vejo muito mais turistas estrangeiros que brasileiros. Os europeus tomaram conta.

Foi uma semana de desintoxicação, mas eu confesso que nos últimos dois dias, já estava sonhando com um shopping, com fast food, com calça jeans e com um despertar depois das dez da manhã.

foto 2

Passava boa parte dos meus dias no Clube dos Ventos, é um “clube” que oferece aluguel de pranchas para todas as modalidades de esportes aquáticos, assim como aulas. Tem um restaurante muito bom, várias espreguiçadeiras pra quem quiser passar o dia deitado vendo o dia passar (meu caso) e uma trilha sonora que agrada e foge daquelas coisa axé-pagode-sertanejo que geralmente predomina no litoral. E me baseando em algumas das músicas que tocavam (é, repetiam um pouco), fiz a playlist abaixo.

foto 3

Espero que tenham gostado.

É hoje!

Sabem, o primeiro show que fui na minha vida, acho que tinha uns 12 anos. Foi um show do Belchior que pedi que meus pais me levassem, foi no centro cultural de Fortaleza. Por coincidência, foi o primeiro show que minha mãe também tinha ido quando ela tinha também minha idade. Durante toda minha infância e adolescência, eu ouvi a discografia do Belchior à exaustão e sempre que tocava a música “À Palo Seco”, eu pensava no quanto seria legal ter 25 anos e poder cantar essa música, pois bem, a partir de hoje, tenho 365 dias pra cantar e sentir como é o que tanto me questionei quando criança. Não é tão legal quanto parecia ser, confesso, mas é sempre bom realizar sonhos, sejam eles do tamanho que forem… Feliz ano novo pra mim!

20130118-100502.jpg

Oi!!!

Oi, gente, bom dia!!

Vim aqui rapidinho só pra dar uma mini satisfação haha eu estou de férias depois de muito tempo em um ritmo intenso! Isso quer dizer que estou aproveitando meu descanso merecido… Tenho acesso aos meus e-mails pelo celular, mas odeio responder por aqui porque geralmente eu me empolgo e acho chato digitar muito no celular. O que quero dizer é que desde o começo do ano tenho recebido vários e-mails legais no hrnmnk@gmail.com e quero agradecer todas as meninas que mandaram e dizer que em breve vou responder todos, tá? Tenho adorado tudo!! Muito obrigada mesmo, ❤.

Enquanto isso, fica aqui uma dose de instagram pra vocês.

20130115-101817.jpg